Formulário para busca no site

LIVE Unimed Campinas + Titãs

Publicado 22/06/2020

 

As comemorações do nosso aniversário de 50 anos não param e o pro´ximo dia 26 vai ser muito especial: com o patrocínio da Unimed Campinas, vem aí a live “Trio Acu´stico Titãs”.

A primeira transmissão do grupo desde o isolamento social terá´ a participação especial de músicos do Instituto Anelo, daqui de Campinas. E o mais importante: tudo isso em prol do CRAMI - entidade não governamental de Campinas, sem fins lucrativos, que atua na atenção e proteção de famílias vítimas de violação de direitos, com foco na violência doméstica.

 

A live acontecerá no canal oficial da Banda Titãs, no Youtube, às 20 horas. Não perca!

 

Sobre os Titãs

Os Titãs seguem pelo Brasil fazendo shows. Com um “repertório de qualidade inesgotável”, como apontam os críticos, que reúne sucessos e novas criações em 34 anos de carreira, incluindo canções do incensado Nheengatu, cd que redimensiona o rock brasileiro contemporâneo, o grupo paulistano mais uma vez se reinventa nos palcos, frente a seu grande e crescente público. 

Branco Mello, Sergio Britto e Tony Bellotto, agora acompanhados por Beto Lee na guitarra e Mário Fabre na bateria, prometem muito rock! 

Saiba mais em: www.titas.net

 

Sobre o CRAMI

O Centro Regional de Atenção aos Maus Tratos na Infância é uma entidade não governamental, sem fins lucrativos, que atua na atenção e proteção de crianças e adolescentes vítimas de violação de direitos, com foco na violência doméstica. Com experiência de 35 anos, desde 2014, o CRAMI estendeu o atendimento a toda pessoa em vulnerabilidade e risco social por uma determinação da SUAS (Sistema Único de Assistência Social). Atualmente, a instituição tem capacidade para atender 300 famílias. A estimativa é o atendimento de aproximadamente 1200 pessoas. Para dar assistência às famílias, o CRAMI conta com psicólogos, assistentes sociais e com o trabalho de educação social.

Saiba mais em: cramicampinas.org.br

 

Sobre o Instituto Anelo

O Instituto Anelo teve sua origem em 1996 no bairro Jardim Florence I, quando Luccas Soares, um adolescente morador de uma das vielas da Rua Carlos Roberto Pereira, antiga 149, apaixonou-se pela música e decidiu que faria dela sua vida, mesmo sem ter ideia dos caminhos para onde ela o levaria. Filho de pais separados, desde a infância Luccas trabalhava como vendedor ambulante e realizava serviços informais para ajudar a mãe no sustento da casa. Ele, então, investiu todas as suas economias na compra de um teclado, tornando-se o primeiro músico da família. Em 1997, formava, junto com amigos, a Banda Anelo, embrião do que é, hoje, o Instituto.

Saiba mais em: anelo.org.br